TST - AIRR - 779/2004-001-19-40


26/set/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. NÃO-CONHECIMENTO. IRREGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO. Incontornável a irregularidade de representação processual, pois o advogado que subscreve o agravo de instrumento recebeu poderes de advogado que não ostenta mandato nos autos, daí por que inexistente o apelo e, também, inconcebível a concessão de prazo para a regularização na fase recursal (Súmulas n os 164 e 383 do Tribunal Superior do Trabalho). Agravo de instrumento não conhecido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 779/2004-001-19-40
Fonte DJ - 26/09/2008
Tópicos agravo de instrumento, não-conhecimento, irregularidade de representação.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›