TST - AIRR - 1754/2002-042-01-40


26/set/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. EXECUÇÃO. HORAS EXTRAORDINÁRIAS. CÁLCULO. OFENSA À COISA JULGADA. NÃO CONFIGURAÇÃO. NÃO PROVIMENTO. 1. Hipótese em que o Colegiado Regional, ao afirmar que a apuração das horas extraordinárias observou os parâmetros constantes da decisão exeqüenda, pôs-se, tão-só, a interpretar o título executivo judicial.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1754/2002-042-01-40
Fonte DJ - 26/09/2008
Tópicos agravo de instrumento, execução, horas extraordinárias.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›