TST - AIRR - 122459/2004-900-04-00


26/set/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. NULIDADE. CERCEIO DE DEFESA. TESTEMUNHA. JORNADA DE TRABALHO . A Corte Regional não reconheceu a testemunha como amigo íntimo nem inimigo de uma das partes e afastou a suspeição daquela, com fundamento na Súmula nº 357 desta Corte. Quanto à não-prevalência da prova documental sobre a oral, a decisão recorrida harmoniza-se com o entendimento contido na Súmula nº 338 desta Corte. Entender de modo contrário implica a reapreciação do contexto fático-probatório. Aplicação da Súmula nº 126 do TST.

Tribunal TST
Processo AIRR - 122459/2004-900-04-00
Fonte DJ - 26/09/2008
Tópicos agravo de instrumento em recurso de revista, nulidade, cerceio de defesa.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›