TST - A-AIRR - 2218/2000-322-01-40


07/mar/2008

AGRAVO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO. PRAZO R E CURSAL. SUSPENSÃO OU INTERRUPÇÃO INOCORRENTE. INTEMPESTIVIDADE . T a xativo o ordenamento jurídico p á trio no que pertine às espécies r e cursais, exaustivamente elencadas, dentre as quais não figura a reco n sideração de despacho, forçoso co n cluir que a estratégia processual adotada na hipótese pedido de r e consideração autônomo - não suspe n de ou interrompe o prazo recursal previsto em lei, a acarretar a i n tempestividade do agravo posterio r mente aviado. Agravo não-conhecido.

Tribunal TST
Processo A-AIRR - 2218/2000-322-01-40
Fonte DJ - 07/03/2008
Tópicos agravo em agravo de instrumento, pedido de reconsideração, prazo r e cursal.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›