TST - AIRR - 728189/2001


18/jun/2004

AGRAVO DE INSTRUMENTO. BANCOS. SUCESSÃO TRABALHISTA. As obrigações trabalhistas, inclusive as contraídas à época em que os empregados trabalhavam para o banco sucedido, são de responsabilidade do sucessor, uma vez que a este foram transferidos os ativos, as agências, os direitos e deveres contratuais, caracterizando típica sucessão trabalhista (OJ nº 261 da SBDI-I/TST). Agravo de instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 728189/2001
Fonte DJ - 18/06/2004
Tópicos agravo de instrumento, bancos, sucessão trabalhista.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›