TST - RA - 87741/2003-000-00-00


18/jun/2004

PROCESSO DO TRABALHO E PROCESSO CIVIL. AÇÃO DE RESTAURAÇÃO DE AUTOS. PROCESSO DESTRUÍDO NO TRIBUNAL. COMPETÊNCIA DO RELATOR DE SORTEIO PARA PROCESSAR E DA TURMA PARA JULGAR A AÇÃO. DESINTERESSE DA RECLAMADA NO JULGAMENTO DO RECURSO NOS AUTOS EM RESTAURAÇÃO. INTERESSE DO ESTADO NA RESTAURAÇÃO DOS AUTOS PARA PRESERVAR A AUTORIDADE DA COISA JULGADA. Na ação de restauração de autos o ideal é a recomposição integral dos autos do processo destruído. Manifestando a reclamante, por omissão, a desistência do recurso, subsiste o interesse do reclamado e do Estado na restauração dos autos, considerando que estes autos fazem as vezes daqueles, para o julgamento do Recurso de Revista interposto pelo reclamado. Autos julgados parcialmente restaurados.

Tribunal TST
Processo RA - 87741/2003-000-00-00
Fonte DJ - 18/06/2004
Tópicos processo do trabalho e processo civil, ação de restauração de autos, processo destruído no tribunal.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›