TST - AIRR - 577/2002-013-10-00


18/jun/2004

HORAS EXTRAORDINÁRIAS. CARGO DE CONFIANÇA. BANCÁRIO. A caracterização ou não do cargo de confiança restringe-se à análise da prova das reais atribuições do empregado, adstrita à Instância Ordinária. Incide, na hipótese, o Enunciado nº 204 desta col. Corte. Agravo de instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 577/2002-013-10-00
Fonte DJ - 18/06/2004
Tópicos horas extraordinárias, cargo de confiança, bancário.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›