TST - AIRR - 992/1996-851-04-40


25/jun/2004

AGRAVO DE INSTRUMENTO. IRREGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL. NÃO-CONHECIMENTO. A advogada que substabelece poderes ao subscritor do agravo de instrumento não possui procuração nos autos. Incide o teor do Verbete Sumular nº 164/TST, porquanto também não configurado o mandato tácito. Agravo não conhecido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 992/1996-851-04-40
Fonte DJ - 25/06/2004
Tópicos agravo de instrumento, irregularidade de representação processual, não-conhecimento.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›