TST - RR - 1425/2002-442-02-00


07/mar/2008

ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. ARMAZENAGEM DE INFLAMÁVEL. EDIFÍCIO (CONSTRUÇÃO VERTICAL). I - Esta Turma já enfrentou a questão que se centra em saber se é devido o adicional de periculosidade a todos os empregados que laboram no prédio (construção vertical) ou somente àqueles que se encontram bem próximos dos tanques de combustível, no mesmo pavimento onde estão armazenados os líquidos inflamáveis. II - A inclinação jurisprudencial desta Turma tem-se firmado no sentido de ser devido o referido adicional mesmo àqueles trabalhadores que laborem fora da área onde se encontram os reservatórios de óleo diesel, uma vez que trabalham no mesmo edifício onde se encontram instalados os tanques contendo líquido inflamável. III Recuso desprovido.

Tribunal TST
Processo RR - 1425/2002-442-02-00
Fonte DJ - 07/03/2008
Tópicos adicional de periculosidade, armazenagem de inflamável, edifício (construção vertical).

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›