TST - AIRR - 367/1998-121-17-00


25/fev/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO RECURSO DE REVISTA PRELIMINAR DE NULIDADE POR NEGATIVA DE PRESTAÇÃO JURISDICIONAL HORAS EXTRAS ANÁLISE DE PROVAS TESTEMUNHAIS Não se impõe ao órgão julgador arrolar e descrever cada prova contida nos autos. As provas podem ser examinadas em seu conjunto, segundo o livre convencimento do juiz, que registrará os motivos suficientes à sua conclusão, na forma do art. 131 do CPC. HORAS EXTRAS ÔNUS DA PROVA ALEGAÇÃO DE VIOLAÇÃO AOS ARTS. 333, I, DO CPC E 818 DA CLT É impertinente a discussão acerca do ônus da prova, pois a controvérsia foi dirimida com base na análise do conjunto probatório contido nos autos, considerado bastante pelo juízo a quo, não havendo falar em violação aos arts. 333, I, do CPC, e 818 da CLT.

Tribunal TST
Processo AIRR - 367/1998-121-17-00
Fonte DJ - 25/02/2005
Tópicos agravo de instrumento recurso.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›