TST - AIRR - 115/2000-141-04-40


04/mar/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. FORMAÇÃO DEFICIENTE. ACÓRDÃO REGIONAL APÓCRIFO E CARIMBO DE PROTOCOLO ILEGÍVEL. A Instrução Normativa de n° 16/99 desta Corte dispõe em seu item IX que não será válida a cópia de despacho ou decisão que não contenha assinatura do juiz prolator, nem as certidões subscritas por serventuário sem as informações acima exigidas. Necessário também que o carimbo de protocolo do recurso esteja legível (OJSBDI1 de nº 18 TRANSITÓRIAS e OJSBDI1 de nº 285). Não atendidas tais exigências, comprometidos pressupostos de admissibilidade. Relembre-se, ainda, ser dever das partes velar pela correta formação do instrumento, não comportando a omissão conversão em diligência para suprir a ausência de peças, ainda que essenciais (item X da Instrução Normativa de nº 16/99). Agravo de instrumento não conhecido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 115/2000-141-04-40
Fonte DJ - 04/03/2005
Tópicos agravo de instrumento, formação deficiente, acórdão regional apócrifo e carimbo de protocolo ilegível.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›