TST - RR - 629373/2000


01/abr/2005

CARÊNCIA DE AÇÃO POR ILEGITIMIDADE PASSIVA AD CAUSAM. A referida preliminar deixa de ser examinada por ficar constatado que seu objeto confunde-se com a matéria principal abordada no Recurso, qual seja, a questão referente à responsabilidade subsidiária. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA SOCIEDADE DE ECONOMIA MISTA.

Tribunal TST
Processo RR - 629373/2000
Fonte DJ - 01/04/2005
Tópicos carência de ação por ilegitimidade passiva ad causam, a referida preliminar deixa.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›