TST - RR - 664864/2000


01/abr/2005

ÁRBITRO DE FUTEBOL. VÍNCULO DE EMPREGO COM A FEDERAÇÃO. Desconfigurado vínculo de emprego com auxiliar de árbitro de futebol, por ausência dos requisitos do art. 3º da CLT. Inexistência de afronta de preceito de lei e dissonância temática. Recurso de Revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 664864/2000
Fonte DJ - 01/04/2005
Tópicos árbitro de futebol, vínculo de emprego com a federação, desconfigurado vínculo de emprego.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›