STJ - AgRg no REsp 423212 / DF AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL 2002/0034814-1


14/abr/2003

TRIBUTÁRIO E PROCESSUAL CIVIL. EMBARGOS DE DIVERGÊNCIA NO RECURSO
ESPECIAL. IMPOSTO DE RENDA SOBRE FÉRIAS E LICENÇA-PRÊMIO. TERMO
INICIAL. RESTITUIÇÃO DE INDÉBITO. PRESCRIÇÃO QÜINQÜENAL.
INOCORRÊNCIA.
Na repetição de exação indevida de imposto de renda, o prazo
prescricional começa a fluir decorridos 5 (cinco) anos, contados a
partir da ocorrência do fato gerador, acrescidos de mais 5 (cinco)
anos, computados desde o termo final do prazo atribuído ao Fisco
para verificar o quantum devido a título de tributo. (EREsp.
289.031/HUMBERTO)

Tribunal STJ
Processo AgRg no REsp 423212 / DF AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL 2002/0034814-1
Fonte DJ 14.04.2003 p. 185
Tópicos tributário e processual civil, embargos de divergência no recurso especial, imposto de renda sobre férias e licença-prêmio.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›