TST - RODC - 915/2001-000-15-00


08/abr/2005

CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL/CONFEDERATIVA Tenho por entendimento que, na medida em que fica expressamente assegurada a oposição dos empregados, associados ou não ao sindicato, ao pagamento da taxa criada, não há como se vislumbrar qualquer violação do preceito constitucional da liberdade do empregado de se associar. O que está sendo dito é da razoabilidade, especialmente quanto aos não sindicalizados, no sentido de que devam contribuir para o sindicato, com a taxa prevista, pelo sucesso obtido no dissídio. Claramente, de tal pagamento não decorre nenhuma filiação a Sindicato, não restando violada qualquer norma legal ou constitucional. Recurso Ordinário em Dissídio Coletivo conhecido e não provido.

Tribunal TST
Processo RODC - 915/2001-000-15-00
Fonte DJ - 08/04/2005
Tópicos contribuição assistencial/confederativa tenho por.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›