TST - AIRR - 1391/2002-906-06-00


08/abr/2005

ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. MOTORISTA DE ÔNIBUS ELÉTRICO. ENUNCIADO Nº 126 DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO. 1. A pretensão da parte em obter a reforma da decisão materializada no acórdão recorrido, mediante o qual se concluiu que os veículos nos quais os Reclamantes exerciam suas atividades não ofereciam o risco peculiar ao trabalho caracterizado como perigoso, com suporte na prova pericial, demanda o revolvimento do conjunto probatório dos autos, o que é vedado nesta esfera extraordinária, a teor do Enunciado nº 126 do tribunal Superior do Trabalho. 2. Agravo de instrumento desprovido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1391/2002-906-06-00
Fonte DJ - 08/04/2005
Tópicos adicional de periculosidade, motorista de ônibus elétrico, enunciado nº 126 do tribunal superior do trabalho.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›