TST - AG-AIRR - 740768/2001


15/abr/2005

AGRAVO EM AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. HORAS EXTRAS. ÔNUS DA PROVA. Restou demonstrado, por meio de prova documental e testemunhal, que a gratificação recebida pelo autor remunerava o exercício de cargo de confiança e as horas extras. Não há, portanto, como se afastar o óbice do Enunciado 126 do C. TST. Agravo a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AG-AIRR - 740768/2001
Fonte DJ - 15/04/2005
Tópicos agravo em agravo de instrumento em recurso de revista, horas extras, ônus da prova.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›