TST - E-RR - 548549/1999


22/abr/2005

TELEFONISTA JORNADA ESPECIAL DE 6 HORAS.O art. 227 da CLT tem por escopo a proteção da higidez física do empregado que exerce sua atividade por meio de equipamento técnico telefônico, exigindo esforço contínuo e concentração mental de forma intensa, tornando penosa a atividade. Dessa forma, diante do que registra o Regional, sendo certo que a reclamante exerceu preponderantemente a função de telefonista na empresa, utilizando 30 troncos telefônicos, não há que se falar em violação do art. 227 da CLT, mas na sua observância. Embargos não conhecidos.

Tribunal TST
Processo E-RR - 548549/1999
Fonte DJ - 22/04/2005
Tópicos telefonista jornada especial de 6 horas.o art, 227 da clt tem.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›