TST - RR - 449998/1998


29/abr/2005

EMPREGADO DE FINANCEIRA. VANTAGENS DECORRENTES DE NORMAS COLETIVAS. O Tribunal Regional não emitiu pronunciamento em face das normas coletivas da categoria dos financiários, asseverando que o reclamante pretendia vantagens relativas à categoria dos bancários, da qual não era integrante e, embora instado, mediante embargos declaratórios, não aduziu análise complementar, sob tal enfoque. Incidência do Enunciado 297. Recurso de revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 449998/1998
Fonte DJ - 29/04/2005
Tópicos empregado de financeira, vantagens decorrentes de normas coletivas, o tribunal regional não.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›