TST - E-RR - 205/2000-001-23-40


29/abr/2005

ADICIONAL DE PERICULOSIDADE EMPREGADO DE EMPRESA DE TELEFÔNIA CABISTA A SBDI-1 desta Corte, ao editar a Orientação Jurisprudencial nº 324, consagrou posicionamento no sentido de que é assegurado o adicional de periculosidade apenas aos empregados otência em condições de risco, ou que o façam com equipamentos e instalações elétricas similares, que ofereçam risco equivalente, ainda que em unidade consumidora de energia elétrica. Neste caso se enquadram os empregados de empresa de telefonia que executam serviço na rede aérea, paralela a rede elétrica. Embargos não conhecidos.

Tribunal TST
Processo E-RR - 205/2000-001-23-40
Fonte DJ - 29/04/2005
Tópicos adicional de periculosidade empregado.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›