TST - AIRR - 74/2003-059-02-40


29/abr/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. HORAS EXTRAS REEXAME DE PROVA - ÓBICE DO ENUNCIADO 126, DESTA CORTE. O Colegiado Regional baseou sua decisão na prova testemunhal que trouxe elementos suficientes para formar o seu convencimento, sendo despicienda a alegação da Recorrente quanto ao período laborado pela testemunha, na esteira da Orientação Jurisprudencial 233, da SBDI-1/TST, que inclusive serviu de supedâneo à decisão recorrida. Ademais, para que se decidisse de forma diversa, far-se-ia necessário o reexame de fatos e provas, o que é vedado nesta fase processual, a teor da regra inscrita no Enunciado 126, desta Corte. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 74/2003-059-02-40
Fonte DJ - 29/04/2005
Tópicos agravo de instrumento, horas extras reexame de prova, óbice do enunciado 126, desta corte.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›