TST - AIRR - 792654/2001


06/mai/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO DESPROVIMENTO CERCEAMENTO DE DEFESA OITIVA DE TESTEMUNHA INDEFERIMENTO A oitiva de testemunhas foi indeferida porque o juízo de primeiro grau já se convencera, pela prova documental juntada pelo Reclamado e não impugnada adequadamente pela Reclamante, de que as horas extras laboradas já haviam sido pagas. Não há, em tal proceder, qualquer vício, portanto expresso da prerrogativa conferida pelo art. 130, CPC. HORAS EXTRAS ONUS PROBANDI Não há falar em violação ao artigo 818, da CLT. O Eg. TRT considerou que das provas produzidas emanou o correto pagamento das horas extras.

Tribunal TST
Processo AIRR - 792654/2001
Fonte DJ - 06/05/2005
Tópicos agravo de instrumento desprovimento.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›