STJ - REsp 471915 / RS RECURSO ESPECIAL 2002/0128340-4


04/ago/2003

PROCESSO CIVIL - RECURSO ESPECIAL - SERVIDOR PÚBLICO - LEI ESTADUAL
Nº 10.395/95 - CONCESSÃO DE AUMENTO - MATÉRIA CONSTITUCIONAL -
IMPOSSIBILIDADE DE ANÁLISE - AUSÊNCIA DE PREQUESTIONAMENTO - SÚMULA
356, DO STF - LIMITAÇÃO ORÇAMENTÁRIA - LEI CAMATA - LEIS
COMPLEMENTARES NºS 82/95 E 96/99 - REEXAME DE PROVAS - SÚMULA
07/STJ.
1 - Esta Corte Superior não se presta à análise de matéria
constitucional (arts. 5º, LV E 93, IX, da Constituição Federal),
cabendo-lhe, somente, a infraconstitucional (cf., entre outros, REsp
nºs 173.058/CE, 189.790/RJ e 166.370/CE).
2 - Não enseja interposição de Recurso Especial matéria (art. 267,
do CPC) que não tenha sido ventilada no acórdão atacado e, sobre a
qual a parte não opôs os cabíveis embargos de declaração, havendo,
desta forma, falta de prequestionamento (Súmula 356, do STF).
3 - Ademais, no tocante ao fundamento contido no art. 105, III,
alínea "b", do Texto Maior, verifico que o Colegiado de origem ao
decidir pela aplicabilidade da Lei Estadual nº 10.395/95 o fez
entendendo que não houve demonstração do quantum estaria
comprometido do erário estadual para pagamento da folha de salário
de seus servidores. Pretende o recorrente, nesta seara, que este
Tribunal reconheça a limitação orçamentária imposta pelas Leis
Complementares nºs 82/95 e 96/99 (Lei Camata). Aferir-se acerca da
observância dos limites orçamentários do Estado-Membro, com certeza,
é adentrar profundamente no exame do material fático-probatório,
porquanto, por exemplo, planilhas deveriam ser analisadas, o que é
vedado pelo enunciado sumular 07/STJ.
4 - Precedentes das duas Turmas componentes da 3a. Seção.
5 - Recurso não conhecido.

Tribunal STJ
Processo REsp 471915 / RS RECURSO ESPECIAL 2002/0128340-4
Fonte DJ 04.08.2003 p. 373
Tópicos processo civil, recurso especial, servidor público.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›