TST - AIRR e RR - 1966/2002-900-09-00


13/mai/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. BANCO BAMERINDUS E BASTEC. CONDIÇÃO DE BANCÁRIO. ENQUADRAMENTO SINDICAL. DIVISOR 220. JUROS DE MORA. DEDUÇÕES PREVIDNCIÁRIAS E FISCAIS. Não infirma a decisão agravada, pela qual foi negado seguimento ao Recurso de Revista, a argumentação do Agravo de Instrumento interposto, insistindo, a parte agravante, em que os temas discutidos estão fundamentados em divergência jurisprudencial, se não se constata a regularidade e especificidade das citações. Agravo de Instrumento improvido.

Tribunal TST
Processo AIRR e RR - 1966/2002-900-09-00
Fonte DJ - 13/05/2005
Tópicos agravo de instrumento, banco bamerindus e bastec, condição de bancário.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›