STJ - AgRg no Ag 480297 / RS AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 2002/0137252-0


12/ago/2003

COMERCIAL. PROCESSUAL CIVIL. AÇÕES. CESSÃO. SUBSCRIÇÃO. LEGITIMIDADE
ATIVA. CEDENTE. AGRAVO REGIMENTAL MANIFESTAMENTE IMPROCEDENTE.
MULTA. ART. 557, § 2º, DO CPC.
I. Firmou a 2ª Seção orientação no sentido de que o contratante que
transferiu ações emitidas pela sociedade anônima não perde a
legitimidade ativa para, posteriormente, reivindicar a subscrição de
ações remanescentes tidas como devidas à época da assinatura do
contrato (REsp n. 453.805/RS, Rel. Min. Ruy Rosado de Aguiar,
unânime, DJ de 10.02.2003).
II. Sendo manifestamente improcedente e procrastinatório o agravo
que provoca rediscussão de tema já pacificado, à unanimidade, pela
Segunda Seção, do que já fora cientificada a parte no despacho
impugnado, é de se aplicar a multa prevista no art. 557, § 2º, do
CPC, de 1% (um por cento) sobre o valor atualizado da causa.
III. Agravo desprovido.

Tribunal STJ
Processo AgRg no Ag 480297 / RS AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 2002/0137252-0
Fonte DJ 12.08.2003 p. 239
Tópicos comercial, processual civil, ações.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›