TST - AIRR - 1059/2002-007-07-40


13/mai/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RITO SUMARÍSSIMO. CERCEAMENTO DE DEFESA NÃO VERIFICADO. AUSÊNCIA DE OFENSA DIRETA A DISPOSITIVO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. Não pode ser provido o agravo de instrumento que tem por objetivo o processamento do recurso de revista submetido ao rito sumaríssimo, quando não verificadas as hipóteses do artigo 896, § 6º, da CLT (Lei nº 9.957/00). Inexistindo o cerceio de defesa alegado pela agravante, resta incólume o preceito contido no inciso LV do art. 5º da Constituição Federal.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1059/2002-007-07-40
Fonte DJ - 13/05/2005
Tópicos agravo de instrumento, rito sumaríssimo, cerceamento de defesa não verificado.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›