TST - AIRR - 972/2003-036-02-40


13/mai/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PEÇAS OBRIGATÓRIAS NÃO AUTENTICADAS. NÃO CONHECIMENTO. Em consonância com a disposição constante do item IX da Instrução Normativa nº 16 deste Tribunal, deve a parte providenciar a autenticação das peças que instruírem seu agravo de instrumento. Na hipótese, a declaração de autenticidade constante do carimbo lançado nas cópias formadoras do instrumento não permite verificar se a rubrica ali aposta pertence ao advogado subscritor do agravo de instrumento. Assim, forçosa a conclusão de que a minuta em exame faz-se acompanhar de fotocópias não autenticadas - peças cujo traslado é expressamente previsto como obrigatório pelo artigo 897, § 5º, I, da CLT -, revelando-se inviável a admissão do apelo, dada a má formação do instrumento. Agravo de instrumento de que não se conhece.

Tribunal TST
Processo AIRR - 972/2003-036-02-40
Fonte DJ - 13/05/2005
Tópicos agravo de instrumento, peças obrigatórias não autenticadas, não conhecimento.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›