TST - AIRR - 1554/2001-003-02-40


13/mai/2005

HORAS EXTRAS. ÔNUS DA PROVA. Não se configura a apontada violação dos artigos 818 da CLT e 333 do CPC, já que cabia ao Agravante o ônus de comprovar a realização das horas extras refutadas pelo Agravado, ônus do qual não se desincumbiu. Agravo de Instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1554/2001-003-02-40
Fonte DJ - 13/05/2005
Tópicos horas extras, ônus da prova, não se configura a.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›