TST - AIRR - 2237/2001-009-12-00


20/mai/2005

LITISCONSÓRCIO PASSIVO. PRAZO EM DOBRO. ARTIGO 191 DO CPC. 1. Inaplicável ao Processo do Trabalho o artigo 191 do CPC, que concede prazo em dobro para os litisconsortes com procuradores distintos recorrerem, dada a incompatibilidade com o princípio da celeridade, que norteia a Justiça do Trabalho. Essa é a diretriz traçada na Orientação Jurisprudencial nº 310 da SBDI-1 do TST. 2. Agravo de instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 2237/2001-009-12-00
Fonte DJ - 20/05/2005
Tópicos litisconsórcio passivo, prazo em dobro, artigo 191 do cpc.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›