TST - RR - 23257/2000-014-09-00


10/jun/2005

RECURSO DE REVISTA - DANO MORAL CONFISSÃO Não há falar em violação ao art. 843, § 1º, da CLT, porquanto, se o preposto nada sabe sobre os fatos articulados na inicial, tal não constitui confissão real, mas, tão-somente, ficta, podendo ser infirmada por prova em contrário. HORAS EXTRAS MINUTOS EXCEDENTES DESTINADOS À TROCA DE UNIFORME TEMPO À DISPOSIÇÃO DO EMPREGADOR O tempo gasto pelo empregado com troca de uniforme, lanche e higiene pessoal, dentro das dependências da empresa, considera-se à disposição do empregador, sendo remunerados como extra os minutos residuais antecedentes e subseqüentes à jornada normal de trabalho.

Tribunal TST
Processo RR - 23257/2000-014-09-00
Fonte DJ - 10/06/2005
Tópicos recurso de revista, dano moral confissão não.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›