TST - RR - 773555/2001


17/jun/2005

ADICIONAL DE INSALUBRIDADE LIXO URBANO. A questão da insalubridade não é geográfica. Isto é, o lixo não é insalubre em decorrência do lugar em que ele se encontra. Se o perito afirma, como registrado pelo Regional, que no caso concreto o lixo com o qual lidava o Empregado tinha exatamente as mesmas características insalubres do lixo urbano, não há como se dizer que não há insalubridade. Recurso de Revista em parte conhecido e não provido.

Tribunal TST
Processo RR - 773555/2001
Fonte DJ - 17/06/2005
Tópicos adicional de insalubridade lixo urbano, a questão da insalubridade.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›