TST - A-E-RR - 1232/2001-005-17-00


17/jun/2005

AGRAVO. EMBARGOS EM RECURSO DE REVISTA. HORA "IN ITINERE". TEMPO GASTO ENTRE A PORTARIA DA EMPRESA E O LOCAL DO SERVIÇO. 1. Irretocável a decisão monocrática que denega seguimento a embargos, se o acórdão turmário encontra ressonância na jurisprudência dominante no TST, no sentido de reputar configurado como hora "in itinere" o tempo gasto pelo obreiro para alcançar seu local de trabalho a partir da portaria da empresa. Incidência do entendimento consubstanciado na Orientação Jurisprudencial transitória nº 36 da SBDI1 do TST. 2. Agravo a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo A-E-RR - 1232/2001-005-17-00
Fonte DJ - 17/06/2005
Tópicos agravo, embargos em recurso de revista, hora "in itinere".

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›