TST - E-RR - 681103/2000


24/jun/2005

MOTORISTA - PROVAS TESTEMUNHAL E DOCUMENTAL QUE EVIDENCIAM A EXISTÊNCIA DE JORNADA EXTRAORDINÁRIA - ART. 62, I, DA CLT - INAPLICABILIDADE. Consignado pelo Regional que o reclamante trabalhava em sobrejornada, não apenas com base na existência do tacógrafo, mas também nas provas testemunhal e documental, não tem pertinência o art. 62, I, da CLT, destinado aos empregados que exercem atividade externa incompatível com a fixação da jornada de trabalho. Recurso de embargos não conhecido.

Tribunal TST
Processo E-RR - 681103/2000
Fonte DJ - 24/06/2005
Tópicos motorista, provas testemunhal e documental que evidenciam a existência de jornada, art.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›