TST - AIRR - 665/2002-018-04-41


07/mar/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO - DESPROV I MENTO HORAS EXTRAS ÔNUS DA PR O VA A instância ordinária, ao apreciar as contrariedades das provas testemunhais produzidas nos autos, utilizou-se das regras da experiência comum, em especial o que ordinariamente ocorria em processos com situação semelhante, na forma do artigo 335 do CPC, para concluir que, de fato, ocorrera parte das horas extras reclamadas. Exsurge, assim, o caráter fático-probatório da lide, cujo reexame é vedado nesta esfera recursal pela Súmula nº 126/TST. Agravo de Instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 665/2002-018-04-41
Fonte DJ - 07/03/2008
Tópicos agravo de instrumento, desprov i mento horas.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›