TST - AIRR - 744756/2001


23/set/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. IRREGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO. REGULARIZAÇÃO EM FASE RECURSAL. INADMISSÍVEL. Esta Corte já firmou jurisprudência, no sentido de que não cabe a regularização da representação nesta fase recursal. Assim, não merece reforma o juízo de admissibilidade, tendo em vista que o julgado Regional encontra-se em perfeita harmonia com a Súmula 383, II, do TST. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 744756/2001
Fonte DJ - 23/09/2005
Tópicos agravo de instrumento, irregularidade de representação, regularização em fase recursal.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›