TST - RR - 18968/2002-900-09-00


30/set/2005

PROVA TESTEMUNHAL. REAVALIAÇÃO. INCIDÊNCIA DA SÚMULA 126, DO C. TST. Alega a Reclamada, em síntese, que o Autor não se desincumbiu do ônus de provar, ante a imprestabilidade do depoimento testemunhal. Trata-se de caso típico de aplicação da Súmula 126, já que o intuito da Recorrente é a reavaliação do conteúdo probatório. Arestos inespecíficos. Recurso não conhecido. CORREÇÃO DAS COMISSÕES PARA EFEITO DE CÁLCULO DO 13º SALÁRIO E FÉRIAS. VIOLAÇÃO DE LEI NÃO CONFIGURADA. ARESTOS FORMALMENTE INVÁLIDOS. O Eg.

Tribunal TST
Processo RR - 18968/2002-900-09-00
Fonte DJ - 30/09/2005
Tópicos prova testemunhal, reavaliação, incidência da súmula 126, do c.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›