TST - RR - 623/2003-018-04-00


30/set/2005

RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA MULTA DO ARTIGO 477, § 8º, DA CLT. A Súmula nº 331, item IV, desta Corte Superior, ao consagrar o entendimento da responsabilidade subsidiária do tomador de serviços quanto às obrigações trabalhistas não adimplidas pelo empregador, não fez qualquer discriminação ou limitação de parcelas. A condenação de forma subsidiária decorre da culpa in eligendo (na escolha da contratada) e in vigilando (na vigilância da prestação de serviços e do cumprimento das obrigações pela contratada), implicando responsabilidade pela totalidade dos créditos devidos à reclamante, inclusive, pela multa do artigo 477, § 8º, da CLT. Recurso de revista conhecido e não provido.

Tribunal TST
Processo RR - 623/2003-018-04-00
Fonte DJ - 30/09/2005
Tópicos responsabilidade subsidiária multa do artigo 477, § 8º, da clt, a súmula nº 331,.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›