TST - AIRR - 786/2004-008-07-40


30/set/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PROCEDIMENTO SUMARÍSSIMO. MEMBRO DA CIPA. ESTABILIDADE. REEXAME DE FATOS E PROVAS. Decisão arrimada na prova e nos fatos não se presta a ser examinada à luz da revista a teor da Súmula nº 126 do TST. Agravo de instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 786/2004-008-07-40
Fonte DJ - 30/09/2005
Tópicos agravo de instrumento, procedimento sumaríssimo, membro da cipa.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›