TST - E-RR - 769646/2001


07/out/2005

RECURSO DE EMBARGOS. IRREGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO. Esta Corte, por meio da Súmula nº 383, item I, fixou posicionamento no sentido de que é inadmissível, em instância recursal, o oferecimento tardio de procuração, nos termos do art. 37 do CPC, ainda que mediante protesto por posterior juntada, já que a interposição de recurso não pode ser reputada ato urgente. Assim, inadmissível é a pretensão do Advogado subscritor do recurso de Embargos, de juntar posteriormente o instrumento procuratório. Embargos não conhecidos, por irregularidade de representação.

Tribunal TST
Processo E-RR - 769646/2001
Fonte DJ - 07/10/2005
Tópicos recurso de embargos, irregularidade de representação, esta corte, por meio.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›