TST - RR - 15859/2002-900-02-00


07/out/2005

VÍNCULO DE EMPREGO. TAXISTA. A Corte Regional, após análise do conjunto fático-probatório, concluiu pela não-configuração dos pressupostos caracterizadores do vínculo de emprego, na medida em que as partes mantiveram mera relação locatícia. Incidência das Súmulas nºs 126 e 297 desta Corte Superior. Recurso de revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 15859/2002-900-02-00
Fonte DJ - 07/10/2005
Tópicos vínculo de emprego, taxista, a corte regional, após.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›