TST - RR - 72/2007-005-12-00


18/mar/2008

CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL PATRONAL COBRA N ÇA DE EMPRESA NÃO ASSOCIADA IRR E GULARIDADE - APLICAÇÃO ANALÓGICA DO PRECEDENTE NORMATIVO 119 DA SDC . Tendo em vista o disposto nos arts. 5º, XX, e 8º, V, da CF, que asseguram a liberdade de associação e de filiação sindical, esta Corte editou o Precedente Normativo 119 da SDC, que considera ofensiva ao direito de livre associação e sindicalização a instituição de cláusula em acordo, convenção coletiva ou sentença normativa estabelecendo contribuição em favor de entidade sindical a título de taxa para custeio do sistema confederativo, assistencial, revigoramento ou fortalecimento sindical e outras da mesma espécie, obrigando trabalhadores não sindicalizados, restando efetivamente nulas as estipulações que não observem tal restrição e passíveis de devolução os valores irregularmente descontados. Essa mesma orientação deve ser aplicada em se tratando de sindicato patronal que pretende obter a contribuição de forma compulsória de empresas a ele não filiadas. Recurso de revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 72/2007-005-12-00
Fonte DJ - 18/03/2008
Tópicos contribuição assistencial patronal cobra n ça de empresa não associada, aplicação analógica do precedente normativo 119 da sdc, tendo em vista o.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›