TST - RR - 631072/2000


03/fev/2006

RECURSO DE REVISTA. DIVERGÊNCIA JURISPRUDENCIAL. ESPECIFICIDADE 1. A divergência jurisprudencial ensejadora da admissibilidade do recurso de revista há de ser específica, evidenciando a existência de teses diversas na interpretação de um mesmo dispositivo legal, embora idênticos os fatos que as ensejaram. 2. Revelando-se inespecíficos os arestos trazidos para cotejo, o conhecimento do recurso de revista encontra óbice na Súmula 296 do TST. 3. Recurso de revista de que não se conhece.

Tribunal TST
Processo RR - 631072/2000
Fonte DJ - 03/02/2006
Tópicos recurso de revista, divergência jurisprudencial, especificidade 1.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›