TST - AIRR - 30332/2002-902-02-00


10/fev/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. A questão não foi objeto de irresignação, restou, então, preclusa a matéria, inviabilizando o seu exame nesta esfera (Súmula 297). Agravo conhecido e não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 30332/2002-902-02-00
Fonte DJ - 10/02/2006
Tópicos agravo de instrumento em recurso de revista, base de cálculo do adicional de periculosidade, a questão não foi.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›