TST - AIRR - 878/2003-052-03-40


11/abr/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO DA RECLAMADA COMPANHIA MINEIRA DE REFRESCOS. NÃO-CONHECIMENTO. INEXISTÊNCIA. Situação em que a advogada signatária do recurso não está habilitada para representar a agravante, ausente nos autos procuração para tanto, não se verificando a hipótese de mandato tácito de que trata a Súmula 164 do TST. Agravo de instrumento de que não se conhece.

Tribunal TST
Processo AIRR - 878/2003-052-03-40
Fonte DJ - 11/04/2006
Tópicos agravo de instrumento da reclamada companhia mineira de refrescos, não-conhecimento, inexistência.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›