TST - E-RR - 645407/2000


11/abr/2006

EMBARGOS ANUÊNIOS INTEGRAÇÃO O valor da hora extraordinária deve ser aferido tomando-se como base de cálculo a totalidade do complexo salarial do trabalhador (Súmula nº 264/TST), não sendo possível interpretar a expressão hora normal prevista em norma coletiva como restrição a tal entendimento. Embargos não conhecidos.

Tribunal TST
Processo E-RR - 645407/2000
Fonte DJ - 11/04/2006
Tópicos embargos anuênios integração o.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›