TST - RR - 806/2004-003-04-00


20/abr/2006

RECURSO DE REVISTA. PRESCRIÇÃO. MARCO INICIAL. MULTA DE 40% DO FGTS. DIFERENÇAS. EXPURGOS INFLACIONÁRIOS. ORIENTAÇÃO JURISPRUDENCIAL Nº 344 DA SDI-1. DESPROVIMENTO. O marco inicial do prazo prescricional para postular diferenças da multa de 40% do FGTS, decorrentes do acréscimo nos depósitos do Fundo, autorizado pela Lei Complementar nº 110/2001, é a data de publicação do referido diploma legal, ou seja, 30/6/2001, quando originou o direito de ação concernente às pretensões, momento em que o direito se tornou exigível para seu titular, salvo se comprovado o trânsito em julgado de decisão proferida no âmbito da Justiça Federal, mediante a qual houve o reconhecimento à recomposição do saldo da conta vinculada, conforme entendimento consagrado na Orientação Jurisprudencial nº 344 da SDI-1. Ajuizada a reclamação trabalhista em 19/8/2004 e transitada em julgado a decisão proferida perante a Justiça Federal em 3/7/2003, não há prescrição a ser pronunciada. Recurso de revista a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo RR - 806/2004-003-04-00
Fonte DJ - 20/04/2006
Tópicos recurso de revista, prescrição, marco inicial.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›