TST - RR - 752841/2001


28/abr/2006

HORAS EXTRAS. LIMITAÇÃO DA CONDENAÇÃO AO PERÍODO EM QUE A TESTEMUNHA TRABALHOU NA EMPRESA A condenação em horas extras não deverá ficar limitada ao período em que a testemunha, que confirmou a sua existência, trabalhou na empresa, desde que o julgador tenha meios para se convencer que, após a saída desta, a situação não se modificou. Inteligência da Orientação Jurisprudencial nº 233 da SBDI-1 do TST. Recurso de Revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 752841/2001
Fonte DJ - 28/04/2006
Tópicos horas extras, limitação da condenação ao.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›