TST - E-AIRR - 1280/2003-002-10-40


28/abr/2006

RECURSO DE EMBARGOS. AGRAVO DE INSTRUMENTO NÃO CONHECIDO. IRREGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO. SÚMULA Nº 383, II, DO TST. Na fase recursal não se admite a conversão do feito em diligência para assegurar à parte regularizar a representação. Incidência do item II da Súmula 383 desta Corte. Embargos não conhecidos.

Tribunal TST
Processo E-AIRR - 1280/2003-002-10-40
Fonte DJ - 28/04/2006
Tópicos recurso de embargos, agravo de instrumento não conhecido, irregularidade de representação.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›