TST - AG-ROAG - 274/2005-000-08-00


28/abr/2006

AGRAVO REGIMENTAL AUSÊNCIA DE PROCURAÇÃO NÃO-CONHECIMENTO. O agravo regimental subscrito por advogados sem procuração nos autos não merece conhecimento, por não atender o pressuposto da representação, não sendo o caso de se abrir prazo para regularização, nos termos da Súmula nº 383 do TST. Agravo regimental não conhecido.

Tribunal TST
Processo AG-ROAG - 274/2005-000-08-00
Fonte DJ - 28/04/2006
Tópicos agravo regimental ausência de procuração não-conhecimento, o agravo regimental subscrito.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›