TST - AIRR - 51815/2002-900-12-00


05/mai/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. ACORDO JUDICIAL. RECOLHIMENTOS PREVIDENCIÁRIOS. PARCELAS INDENIZATÓRIAS. NÃO-INCIDÊNCIA. Ante a constatação de que houve acordo judicial com a indicação das parcelas objeto da transação, como de natureza indenizatória, não há como se vislumbrar conflito jurisprudencial, ante a inespecificidade dos arestos colacionados, e nem ofensa aos dispositivos legais apontados como violados, impossibilitando a reforma pretendida. Agravo de instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 51815/2002-900-12-00
Fonte DJ - 05/05/2006
Tópicos agravo de instrumento, acordo judicial, recolhimentos previdenciários.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›